Em breve teremos várias novidades aqui no portal: layout reformulado, conteúdo reestruturado... aguardem!

Papers

Resumo

Podemos entender a moda como um sistema, onde esferas e agentes precisam funcionar de modo articulado. Desse modo, certas práticas são estabelecidas visando reafirmar a instância simbólica de poder da moda. Mas, na atualidade, modificações na geração e difusão de linguagens e conteúdos parece terem deslocado esse poder. O presente artigo pretende explorar esses fatores, bem como o impacto desses no sistema da moda.

Resumo

A temática de identificação de tendências para o design de moda suscita curiosidade entre acadêmicos e profissionais da área, na atualidade. Estudos apontam para a utilização de ferramentas e métodos, associando a maioria a análises circunscritas ao campo em si. Esse trabalho visa apontar caminhos para um entendimento amplificado dessa temática, relacionando tendências a interações entre indivíduos e o teor subjetivo que liga esses a caracterizações presentes em objetos. O estatuto polifônico de Bakhtin é o fio condutor dessas considerações, e o pressuposto dialógico é apontado como um caminho para o entendimento de questões como a importância da ideia e a relação entre essa e sensibilidades emergentes no contexto sociocultural.

Resumo

Mesmo que esteja nos dias atuais extremamente relacionada à indústria do vestuário, a moda não só aparece como um reflexo dos costumes e pensamentos de uma época - a moda comunica. Nesse processo, um tipo de narrativa parece não ser contemplado: a transmidiática. Nesse artigo propomos um novo olhar sobre a moda e a maneira de comunicá-la, prevendo que uma mesma história transversalize plataformas e meios.

Resumo

Baseando-se na estética, comunicação e arte, o presente artigo procura fazer uma análise teórica e crítica dos comandos da indústria de mídia da transgressão como um dispositivo de inovação pensar em novos sentidos e aumentar a comunicação visual na cultura de mercado pop. Ele é usado neste artigo um quadro teórico cuja base epistemológica foi construída a partir de estudos de representações sociais e tecnologias de dominação, cujos principais teorias são de Espinoza, Adorno, Marin, Klossowsky e Foucault. Os movimentos de contra-cultura, especialmente na arte e da moda, como o dadaísmo e do movimento punk têm servido como fonte para uma análise crítica da abordagem operacional da cultura, da imaginação e da indústria. Esta operação é definida abordagem
hoje como um layout repetitivas de uma matriz de marketing dentro de uma cultura transgressora particularmente identificado com a lógica do entretenimento. Assim entretenimento transgressão se tornou uma constante nos meios de comunicação que transmite estética na contemporaneidade. É possível identificar este fenômeno dentro do sistema de moda, artes e design, tudo pronto para inovar em padrões estéticos, a fim de enfrentar uma imagem indústria que se alimenta de uma transgressão planejado com. Lançamentos dramáticas, como a cantora Lady Gaga ilustrar esta tese.